Afeganistão: ataques a base militar ianque e polícia

A- A A+

Em 18 de junho, a Resistência afegã atacou uma sede da polícia localizada em Gardez, capital da província de Paktia, que comanda pelo menos quatro províncias da região. A ação, reivindicada pelo Talibã, ocorreu por volta das 6h30, quando um combatente detonou um veículo carregado de explosivos no local.

Policiais afegãos em meio a destruição da sede da polícia em Gardez,Paktia
Policiais afegãos em meio a destruição da sede da polícia em Gardez,Paktia

Em seguida, outros quatro combatentes invadiram o prédio policial e travaram um confronto armado que durou pelo menos dez horas. Ao todo, cinco policiais foram aniquilados e nove ficaram feridos. Este foi mais um contundente ataque das forças de Resistência afegãs que lutam contra a invasão do USA e contra as forças de “segurança”, que agem como verdadeiras auxiliares e mercenárias dos invasores.

No dia 22 de junho, um carro-bomba explodiu ao lado de uma agência bancária na cidade de Lashkar Gah, capital da província de Helmand, no sul do país. Veículos internacionais noticiaram a morte de 34 pessoas. Já o Talibã, segundo nota publicada pelo portal EuroNews, emitiu um comunicado falando que foram mortos “73 militares e policiais”. O ataque foi direcionado contra agentes das forças de “segurança” e funcionários do “governo”.

Ianques aniquilados

Já no dia 17 de junho, sete soldados do USA ficaram feridos após um ataque da Resistência contra a base militar de Shahin, uma das mais importantes, localizada no norte do país, informou o comando da Resolute Support (RS), conduzido pela OTAN. Em comunicado, os combatentes saudaram o “soldado patriota [que] realizou o ataque”.

Mohammad Radmanish, porta-voz do Ministério da Defesa, disse à agência France Presse que “os soldados norte-americanos encontravam-se de visita à base de Shahin quando foram feridos no ataque”.

Assine já!

Receba quinzenalmente a edição impressa
do Jornal A Nova Democracia no seu endereço
e fortaleça a imprensa popular e democrática.

Endereços


Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
CEP: 20.921-060
Tel.: (21) 2256-6303

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Tel.: (11) 3104-8537

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

EXPEDIENTE

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas
Fausto Arruda 
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond 
Sebastião Rodrigues
Vera Malaguti Batista

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja
Rafael Gomes Penelas

A imprensa democrática e popular depende do seu apoio

Leia, divulgue e conheça. Deixe seu nome e e-mail para se manter informado
Please wait